Carnaval como manifestação popular: uma lente para ler o Brasil

O Carnaval, tradicional festa popular realizada em diferentes locais do mundo, encontrou no Brasil espaço de destaque, constituindo-se como marca fundante da cultura nacional

Foi no final do século XIX que começaram a aparecer os primeiros blocos carnavalescos. O Carnaval foi crescendo e tornando-se cada vez mais uma festa popular. Esse crescimento ocorreu com a ajuda dos cordões, dos famosos “corsos” – que deram origem aos carros alegóricos típicos das escolas de samba atuais – e das marchinhas carnavalescas, sempre presentes em especial nos bailes do Carnaval carioca. Vêm do século XX os mascarados, o lança-perfume, as batalhas de confete e os bailes infantis que dão início às famosas matinês.

Sempre como uma ode à liberdade e com um caráter de subversão de papéis sociais (o escravo que vira rei, o homem que se veste de mulher), o Carnaval manteve suas tradições originais nas ruas da região Nordeste do Brasil

A literatura igualmente se nutre das manifestações populares.  Parlendas, cantigas de ninar, histórias com bichos e fantasias integram o repertório de leituras das crianças. É também assim que elas são  incluídas no caldo de cultura que faz uma nação.

Que tal aproveitar o período próximo ao Carnaval e garantir um tempo para as crianças curtirem e se divertirem com histórias da tradição popular no Elefante Letrado? Confira!

 

 

Formosuras do Velho Chico

 

 

Estante M


Carnaval
 

 

Quadras Regionais I e II

 

 

 

Estantes I e J 

 Carnaval
 

 

Salve o Povo Nordestino

 

 

Estante T

Carnaval
 

 

Histórias de Tia Nastácia Vol 1 e 2

 

 

Estante Y

Carnaval

 

FONTES:
MATTA, Roberto. Carnavais, Malandros e Heróis, Rocco, 1978.
Site Brasil Escola, 2020. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/carnaval

Contribua para a formação de novos leitores na sua escola!
Entre em contato e conheça todas as funcionalidades do Elefante Letrado.

Carnaval como manifestação popular: uma lente para ler o Brasil

O Carnaval, tradicional festa popular realizada em diferentes locais do mundo, encontrou no Brasil espaço de destaque, constituindo-se como marca fundante da cultura nacional

Foi no final do século XIX que começaram a aparecer os primeiros blocos carnavalescos. O Carnaval foi crescendo e tornando-se cada vez mais uma festa popular. Esse crescimento ocorreu com a ajuda dos cordões, dos famosos “corsos” – que deram origem aos carros alegóricos típicos das escolas de samba atuais – e das marchinhas carnavalescas, sempre presentes em especial nos bailes do Carnaval carioca. Vêm do século XX os mascarados, o lança-perfume, as batalhas de confete e os bailes infantis que dão início às famosas matinês.

Sempre como uma ode à liberdade e com um caráter de subversão de papéis sociais (o escravo que vira rei, o homem que se veste de mulher), o Carnaval manteve suas tradições originais nas ruas da região Nordeste do Brasil

A literatura igualmente se nutre das manifestações populares.  Parlendas, cantigas de ninar, histórias com bichos e fantasias integram o repertório de leituras das crianças. É também assim que elas são  incluídas no caldo de cultura que faz uma nação.

Que tal aproveitar o período próximo ao Carnaval e garantir um tempo para as crianças curtirem e se divertirem com histórias da tradição popular no Elefante Letrado? Confira!

 

 

Formosuras do Velho Chico

 

 

Estante M


Carnaval
 

 

Quadras Regionais I e II

 

 

 

Estantes I e J 

 Carnaval
 

 

Salve o Povo Nordestino

 

 

Estante T

Carnaval
 

 

Histórias de Tia Nastácia Vol 1 e 2

 

 

Estante Y

Carnaval

 

FONTES:
MATTA, Roberto. Carnavais, Malandros e Heróis, Rocco, 1978.
Site Brasil Escola, 2020. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/carnaval

Contribua para a formação de novos leitores na sua escola!
Entre em contato e conheça todas as funcionalidades do Elefante Letrado.

Sem Comentários

Deixe um Comentário!

O seu e-mail não vai ser publicado!

Fale Conosco

+55 51 3407-8090
suporte@elefanteletrado.com.br